Esportes

Cruzeiro visita Athletico-PR em busca de terceira vitória seguida fora de casa na Série A

Mineiros e paranaenses se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30

Ainda na luta para se distanciar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro enfrenta o Athletico-PR, nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba. Será também a oportunidade para a equipe celeste alcançar a terceira vitória consecutiva fora de casa na Série A.
Nas últimas duas vezes em que deixou Belo Horizonte para atuar, o time de Abel Braga somou seis pontos. Em 19 de outubro, o time celeste derrotou o Corinthians por 2 a 1, na Arena Corinthians. Já em 31 de outubro, pela 29ª rodada, o Cruzeiro bateu o Botafogo por 2 a 0, no Engenhão.
Na 16ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 33 pontos, o Cruzeiro luta para se afastar do Z4. Se vencer o Athletico-PR, o time celeste poderá ultrapassar Ceará (15º) e Botafogo (13º), que somam os mesmos 33 pontos. Para isso, a Raposa precisa torcer contra os adversários diretos, que medem forças com Internacional e Flamengo, respectivamente.
Sem sofrer derrotas há oito partidas (3 vitórias e 5 empates), o Cruzeiro entra em campo também com o objetivo de manter essa série de invencibilidade. “São oito jogos sem perder, isso é importantíssimo. Que a gente possa entrar em campo contra uma equipe estruturada como é o Athletico-PR, que já venceu Copa do Brasil esse ano, para manter essa crescente”, projetou Edilson.
O lateral-direito será uma das novidades do Cruzeiro. Ele substituirá Orejuela, expulso no empate por 1 a 1 com o Bahia, no último domingo, no Mineirão. O atacante Fred, que levou o terceiro cartão amarelo nesse jogo, também desfalca a Raposa na Arena da Baixada.
A principal ausência, no entanto, será de Thiago Neves. Camisa 10 e um dos líderes do elenco, ele nem sequer viajou para Curitiba. Depois do empate por 1 a 1 com o Bahia, no último domingo, o técnico Abel Braga destacou que optaria por não escalar jogadores que estivessem ‘meia-boca’ em relação ao estado físico.
A tendência é que Robinho seja o substituto do meia em Curitiba. Não se sabe, porém, se ele iniciará a partida como meia central ou como ponta pela direita. Se Abel optar pela segunda opção, Marquinhos Gabriel será deslocado para o meio.
Outra dúvida é na escalação dos volantes. Éderson viajou com o elenco para o Paraná, mas também sofre de desgaste muscular. Se ele não tiver condições de jogo, Jadson deverá ganhar a vaga na equipe titular ao lado do capitão Henrique.

Na zaga, a tendência é que Leo volte ao banco para dar lugar a Fabrício Bruno, livre de suspensão.

Athletico-PR

Campeão da Copa do Brasil, o Athletico-PR sofreu a maior baixa possível às vésperas do jogo diante do Cruzeiro. O técnico Tiago Nunes optou por não renovar seu contrato após receber oferta do Corinthians e deixará a Arena da Baixada antes do fim da temporada. Ele será substituído de forma interina por Eduardo Barros, técnico da equipe sub-19.
Dentro de campo, a principal novidade deverá ser o retorno do volante Welligton. Ele cumpriu suspensão na vitória por 1 a 0 sobre o CSA, no fim de semana, e volta a ficar à disposição. Já o meio-campista Leo Cittadinitem uma inflamação no ligamento colateral medial do joelho e segue como dúvida.
ATHLETICO-PR X CRUZEIRO
Athletico-PR
Santos; Madson, Thiago Heleno, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Camacho (Wellington), Bruno Guimarães e Thonny Anderson; Nikão, Marco Ruben (Marcelo Cirino) e Rony. Técnico: Eduardo Barros
Cruzeiro
Fábio; Orejuela, Cacá, Fabrício Bruno e Dodô; Henrique e Éderson (Jadson); Marquinhos Gabriel, Robinho e David; Sassá. Técnico: Abel Braga
Motivo: 31ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data e horário: 6 de novembro de 2019 (quarta-feira), às 21h30
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA/SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Fonte: www.mg.superesportes.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close