Esportes

Atlético perde para o lanterna e atinge pior série de derrotas na era dos pontos corridos

Em jogo que encerra a 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético perdeu para o Avaí, por 1 a 0, na Ressacada, na noite desta segunda-feira. O gol foi marcado por Jonathan, aos 26 minutos do primeiro tempo. Ouça aqui!

Com o foco principal na Copa Sul-Americana, na qual fará o confronto de volta das semifinais na próxima quinta (26), no Mineirão, o técnico Rodrigo Santana escalou um time cheio de reservas, mas levou para Santa Catarina alguns jogadores considerados titulares, como o goleiro Cleiton, o zagueiro Igor Rabello e o meia Cazares.

Com a derrota, o Galo cai para a 10ª posição, com 27 pontos, e amarga a sua pior série de derrotas consecutivas na história do Brasileirão de pontos corridos. Desde quando este formato de disputa foi adotado, em 2003, a equipe acumulou por duas vezes cinco derrotas seguidas: uma em 2009, quando foi superado em cinco ocasiões em seus últimos jogos na competição, e uma em 2011, quando também perdeu cinco duelos em sequência no final do primeiro turno. O Avaí sobe para 19ª posição, com 16 pontos.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético recebe o Vasco, dia 2 de outubro, no Independência, às 19h15. O Avaí vai à Arena do Grêmio na próxima quinta (26), para o jogo às 20h com o time de Renato Gaúcho.

O jogo

O início do jogo foi muito fraco. Além de um toque de bola lento, as equipes abusaram dos erros nos passes. O único destaque dos primeiros 45 minutos foi o atacante Jonathan do time catarinense. Foi dele o primeiro chute a gol, de longe, aos sete minutos.

O mesmo Jonathan abriu o placar, aos 26 minutos. Após cobrança do lado esquerdo e desvio na primeira trave, o atacante abriu o placar. Mais cinco minutos e o atleta foi derrubado na área por Leonardo Silva. Pênalti, que Pedro Castro bateu para bela defesa de Cleiton.

Com cinco derrotas consecutivas no Brasileiro, o Atlético só incomodou o goleiro Vladimir duas vezes e em chutes de longa distância. A única jogada armada do alvinegro foi feita aos 44 minutos pelo lateral Guga, mas Nathan não aproveitou. A decepção ficou por conta da atuação do equatoriano Cazares.

Mesmo sem inspiração e desordenado taticamente, o Atlético buscou o empate no início da segunda etapa, mas sem levar grande perigo para Vladimir. Com isso, abriu espaços para o contra-ataque dos catarinenses, que apostavam na velocidade de Jonathan.

Aos 16 minutos, Geuvânio, finalmente, fez uma boa jogada e bateu firme para bela defesa de Vladimir. Na base do abafa, o Atlético passou a pressionar o Avaí, graças ao bom rendimento de Luan, vindo do banco de reservas. Aos 37, o atacante arriscou de longe duas vezes e errou por pouco.

Os últimos minutos foram marcados pelo desespero das equipes, o que causou erros de lado a lado e a manutenção do placar de 1 a 0 favorável ao time catarinense.

Avaí 1 x 0 Atlético

Avaí: Vladimir; Léo, Ricardo, Betão e Igor Fernandes; Pedro Castro, Richard Franco, Matheus Barbosa (João Paulo), Caio Paulista e Lourenço (Mosquera); Jonathan. Técnico: Alberto Valentim

Atlético: Cleiton; Guga, Leonardo Silva, Igor Rabello e Lucas Hernández; Ramón Martínez, Nathan e Cazares (Otero); Geuvânio (Luan) e Bruninho (Bolt); Alerrandro. Técnico: Rodrigo Santana

Motivo: 20ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data e horário: 23 de setembro de 2019, segunda-feira, às 20h
Local: estádio Ressacada, em Florianópolis (SC)

Cartão amarelo: Leonardo Silva (Atlético); Léo, Lourenço e Ricardo (Avaí)

Gols: Jonathan (26’/1ºT)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (CBF-RN)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Jean Marcio dos Santos (CBF-RN)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (CBF-RN)

Renda: R$ 153.583,00
Público: 7.463 torcedores

FONTE: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close