Esportes

Cruzeiro duela com Palmeiras e busca recuperação em reencontro com Mano Menezes

Mineiros e paulistas se enfrentam neste sábado, às 19h, no Allianz Parque

A história recente entre Cruzeiro e o técnico Mano Menezes teve capítulos de sucesso, com mais de três anos de trabalho, dois títulos de Copa do Brasil e outras duas conquistas do Campeonato Mineiro. Mas, depois de 37 dias do rompimento dessa relação, clube e treinador pela primeira vez estarão em lados opostos. Comandado por Rogério Ceni, a Raposa visita o Palmeiras, de Mano, neste sábado, às 19h, no Allianz Parque, buscando a reação no Campeonato Brasileiro após goleada sofrida pelo Grêmio por 4 a 1, em casa, e disposto a selar a paz com a torcida.
A semana celeste foi conturbada, com protestos de organizadas na sede do clube, no Barro Preto, na Toca da Raposa II e até mesmo na casa do presidente Wagner Pires de Sá e do vice de futebol, Itair Machado. A insatisfação dos torcedores vai muito além dos resultados em campo: a rusga é também pelo momento conturbado celeste extracampo, com crise financeira grave e dirigentes investigados por corrupção, lavagem de dinheiro e falsificação de documentos.
Dentro de campo, a equipe quer uma vitória nesta noite a todo custo para que o trabalho de Rogério Cenipossa ser conduzido com mais tranquilidade nas próximas rodadas. Quis o destino que o comandante do próximo adversário fosse aquele que contribuiu para a formação e conhece muito o atual grupo celeste. Em duas passagens pela Toca da Raposa, Mano dirigiu o Cruzeiro em 235 jogos, com 112 vitórias, 69 empates e 54 derrotas (57,4% de aproveitamento).
De volta ao time depois de servir à Seleção Colombiana, Orejuela espera mudança de postura da equipe. “Foi muito doloroso ter saído da Copa e na semana passada perder para o Grêmio daquela maneira. Estamos muito doídos. Creio que contra o Palmeiras vamos sair para fazer o melhor. E temos que mudar a forma como estamos jogando, porque não vamos conseguir nada jogando dessa maneira. Creio que amanhã será uma linda partida para retomar o caminho da vitória”, frisou o lateral-direito.
Em relação ao momento de protestos, o goleiro Fábio afirma que o a equipe só vai reagir com futebol de primeira: “Todo mundo está cobrando. Mas temos que fazer tudo dentro de campo. Os jogadores se cobram, o treinador cobra, a diretoria cobra… Mas o negócio é 11 contra 11 lá dentro. E, nesses momentos, em que o Campeonato Brasileiro se torna cada vez mais difícil, a gente tem que evitar os erros. Principalmente os que a gente teve nesse jogo contra o Grêmio, em que possibilitamos os ataques e, por méritos e pela qualidade deles, souberam aproveitar”.
Ao longo da semana, Rogério Ceni escondeu as estratégias e não mostrou a equipe que jogará contra o Palmeiras. Depois da goleada sofrida para o Tricolor Gaúcho, ele admitiu a possibilidade de mudança no esquema tático para evitar que o sistema defensivo ficasse exposto. O lateral-direito Edilson não foi relacionado para a partida de amanhã e ficou em Belo Horizonte, assim como o zagueiro Dedé, que está em tratamento de entorse no tornozelo direito.

Palmeiras embalado

Uma das equipes que menos perderam no Brasileiro (duas derrotas), o Palmeiras busca confirmar o momento de recuperação. Sob o comando de Mano Menezes, os paulistas venceram Goiás (2 a 1) e Fluminense (3 a 0). A expectativa dos atletas é de que o alviverde possa evoluir a cada rodada e retomar a soberania já demonstradas nas rodadas iniciais da competição.
O Palmeiras terá vários retornos importantes contra o Cruzeiro, nesta noite, diante da torcida. O zagueiro Gustavo Gómez reassume a posição na zaga depois de servir à Seleção Paraguaia. Já o volante Ramires e o armador Zé Rafael ficam à disposição depois de serem poupados contra o Fluminense. E o também armador Lucas Lima, que deve ficar no banco, retorna depois de ser expulso contra o Goiás.

Vale destacar que, além de Mano, oito jogadores do time paulista já passaram pelo Cruzeiro: Diogo Barbosa, Felipe Melo, Ramires, Dudu, Willian, Edu Dracena, Henrique Dourado e Mayke, que está contundido.

PALMEIRAS X CRUZEIRO
Palmeiras
Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Gustavo Scarpa, Dudu e Zé Rafael; Luiz Adriano. Técnico: Mano Menezes
Cruzeiro
Fábio; Orejuela, Cacá (Fabrício Bruno), Leo e Dodô; Henrique e Ariel Cabral (Robinho); Marquinhos Gabriel, Thiago Neves e Pedro Rocha; Fred. Técnico: Rogério Ceni
Motivo: 19ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data e horário: 14 de setembro de 2019 (sábado), às 19h
Árbitro: Roberto Toski Marques (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
VAR: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
FONTE: www.mg.superesportes.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close