Esportes

Estadual é meio bônus para quem ganha e tempestade para quem perde, diz Mano Menezes

Pedra no sapato dos grandes clubes, o campeonato estadual tem as atenções divididas com as fases iniciais das copas Libertadores, Sul-Americana e do Brasil. Os próprios torcedores pouco se empolgam com as competições domésticas, mas o tratamento muda quando o rival ou uma decisão está pela frente. E ainda mais com as duas situações ao mesmo tempo.

A famosa frase de que estadual serve para derrubar treinador não parece ser o caso do comandante celeste, que tem a confiança da torcida e da diretoria. Mas o técnico Mano Menezes sabe da importância de conquistar o Campeonato Mineiro diante do Atlético, neste sábado (20), às 16h30, no Independência.

“Os estaduais, hoje, têm uma característica quase cruel: um meio bônus para quem ganha e uma tempestade para quem perde”, comentou.

Até por isso, e mesmo com a vasta experiência, o treinador confirma a ansiedade pela decisão. “Eu nunca estrou tranquilo nas finais e acho que o técnico não deve estar tranquilo, porque não é momento de tranquilidade, é momento de tensão, daquele frio na barriga. É importante que o jogador também se sinta assim. Essa tensão faz aumentar o nível de concentração. Não pode se acomodar. Não é hora de acomodação e nem de tranquilidade”, disse.

Mano deve repetir o time que venceu o jogo de ida por 2 a 1 no Mineirão: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Robinho, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Fred. O meia Thiago Neves, que volta de lesão, ficará no banco de reservas.

 

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close