Esportes

Em clássico que vale título mineiro, Atlético decide em casa e Cruzeiro joga pelo empate

O 105º troféu do Campeonato Mineiro será levantado neste sábado, após o clássico entre Atlético e Cruzeiro, às 16h30, no Independência, onde os rivais disputarão o segundo jogo da final. Por ter se classificado em primeiro lugar na fase de pontos corridos, o Galo tem a vantagem de ser o mandante e ter 90% dos torcedores, mas à Raposa basta um empate para levar o título.

Acompanhe, a partir das 15h, a Jornada Esportiva da Itatiaia, com narrações de Mário Henrique “Caixa” (1º tempo) e Alberto Rodrigues (2º tempo), comentários de Léo Figueiredo e Cadu Doné, reportagens de Claudio Rezende, Samuel Venâncio, Álvaro Damião e Thiago Reis e ancoragem de Bruno Azevedo.

Os alvinegros têm o benefício de jogar pela igualdade no placar agregado, mas precisará de uma vitória simples para levantar o caneco, pois no primeiro duelo, domingo (14), no Mineirão, o Cruzeiro venceu por 2 a 1.

Em busca do 45º estadual, o Atlético tem como dúvida o meia Cazares, que se recupera de dores na coxa esquerda. Ele deixou o jogo de ida aos 18 minutos, após sentir uma fisgada, e só voltou a treinar a campo na Cidade do Galo nessa sexta-feira (19). “É um jogador que desequilibra ali no meio-campo, muito habilidoso, tem uma boa bola parada e conhece muito bem o clássico”, disse o técnico interino Rodrigo Santana.

Ausência no clássico anterior, o zagueiro Réver está recuperado de um incômodo no tornozelo e também pode ficar fora. O único desfalque certo é o volante Adilson, que foi expulso no duelo de ida e será substituído por Zé Welison. O meia Luan, que saiu no intervalo da partida por causa de um desconforto na virilha, treinou normalmente e será titular.

O Cruzeiro quer levar para o Barro Preto o 39º troféu da competição. O time não tem desfalques e deve ser o mesmo que venceu no Gigante da Pampulha. A novidade será o meia Thiago Neves, que ficará no banco de reservas após se recuperar de lesão na panturrilha.

Para tentar tirar a Raposa da zona de conforto, o Atlético marcou o jogo para o Horto, mas o técnico Mano Menezes declarou que o time celeste é experiente para jogar em qualquer estádio. “Estamos mostrando isso há quase três anos, que é o período que estou aqui. Já conquistamos títulos fora de nossos domínios e essa será mais uma oportunidade que teremos de mostrar a capacidade que nosso grupo tem”, afirmou.

Atlético x Cruzeiro

Atlético: Victor; Guga, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison, Elias, Luan, Vinicius (Cazares) e Chará; Ricardo Oliveira. Técnico: Rodrigo Santana (interino)

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Robinho, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Fred. Técnico: Mano Menezes

Motivo: jogo de volta da final do Campeonato Mineiro
Data e horário: 19 de abril de 2019, sábado, às 16h30
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (CBF-SP)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (CBF-RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (CBF-RS)
VAR: Leandro Pedro Vuaden (CBF-RS)

Fonte: www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close