Esportes

Com hat-trick de Fred, Cruzeiro goleia Huracán e garante vaga nas oitavas da Libertadores

O Cruzeiro está classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores. Em mais uma grande atuação, o time celeste contou com um Fred inspirado para vencer o Huracán, nesta quarta-feira, no Mineirão, pela quarta rodada do Grupo B. O camisa 9, que completou a 100ª partida pelo clube e ainda não tinha balançado as redes pela Raposa na história da competição, fez logo três de uma vez e foi determinante para a vitória por 4 a 0 sobre os argentinos. O lateral-esquerdo Dodô fechou o placar no fim da partida anotando o quarto gol.

Foi a 10ª vitória consecutiva do Cruzeiro na temporada (seis no Campeonato Mineiro e quatro na Libertadores). A incrível sequência começou no dia 7 de março, no triunfo por 1 a 0, justamente contra o Huracán, na Argentina. Nos dez resultados positivos, o time marcou 27 gols e sofreu apenas dois.

No torneio continental, a equipe comandada por Mano Menezes emplacou a quarta vitória seguida nas quatro primeiras rodadas, marca que só havia sido alcançada pelo clube em duas edições da Libertadores: 1967 e 2001.

Com 100% de aproveitamento na Libertadores, o Cruzeiro foi a 12 pontos e se garantiu matematicamente nas oitavas de final com duas rodadas de antecedência. O Huracán é o lanterna, com apenas um. Caso Deportivo Lara-VEN (segundo colocado, com quatro pontos) não vença o Emelec-EQU (terceiro, com dois) fora de casa no duelo que acontece nesta quinta-feira, no Equador, a Raposa irá assegurar também a liderança do Grupo B.

Agora, o Cruzeiro volta as atenções para a final do Campeonato Mineiro. No próximo domingo, às 16h, a equipe inicia a disputa do título estadual contra o arquirrival Atlético, no Mineirão. Com 90% da torcida a favor, a Raposa busca a vitória no primeiro jogo para tirar a vantagem do Alvinegro, que fez melhor campanha na fase de classificação e joga por dois resultados iguais para ser campeão.

O jogo

Com os laterais Edílson e Egídio poupados pelo técnico Mano Menezes, o Cruzeiro começou a partida com Orejuela e Dodô. Logo no primeiro minuto, a equipe celeste quase abriu o placar. Marquinhos Gabriel invadiu a área pelo lado esquerdo e chutou cruzado. Fred tentou chegar, mas o goleiro afastou o perigo.

Foi só um ensaio para o que estava por vir. Aos 18 minutos, Marquinhos Gabriel fez nova jogada pelo lado esquerdo e cruzou para Fred, que subiu entre os marcadores e cabeceou no canto. O camisa 9, que ainda não tinha balançado as redes pela Raposa na história da Libertadores, desencantou.

Após sofrer o gol, o Huracán foi para cima e quase empatou logo na sequência, mas Fábio, com uma defesa impressionante de chute à queima roupa de Lucas Barrios, salvou o Cruzeiro. No rebote, Damonte chegou chutando e o goleiro celeste se jogou na bola junto com Dedé e tirou de novo. Os jogadores do time argentino pediram toque de mão do zagueiro da Raposa no lance, mas o árbitro ignorou as reclamações.

Buscando o ataque o tempo todo, o Cruzeiro queria resolver logo a partida e chegou ao segundo gol aos 23 minutos de novo com Fred. Robinho achou Marquinhos Gabriel na área e o meia-atacante serviu o camisa 9, livre de marcação, só empurrar para as redes.

Se ainda não tinha marcado gol pelo time celeste na história da Libertadores, Fred já fez dois de uma vez. Mas ele não parou por aí. “Sem freio”, o centroavante chegou ao hat-trick aos 32 minutos em uma forte cabeçada que mais parecia um chute após cruzamento na medida de Dodô.

Na etapa final, o Cruzeiro diminuiu o ritmo claramente se poupando para o clássico contra o Atlético, pelo duelo de ida da final do Campeonato Mineiro, no próximo domingo. Sem forças para iniciar a reação, o Huracán sequer incomodava a meta defendida por Fábio.

No fim da partida, o Cruzeiro ainda encontrou tempo para fazer o quarto e dar ar de goleada no Mineirão. Dodô pegou a bola pelo lado esquerdo próximo à área, cortou para o meio e bateu cruzado acertando o ângulo do goleiro Silva. Um golaço para fechar com chave de ouro mais uma boa apresentação da Raposa na temporada.

Cruzeiro 4 x 0 Huracán

Cruzeiro: Fábio; Orejuela, Léo, Dedé e Dodô; Henrique, Lucas Romero (Ariel Cabral), Robinho (Rafinha), Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Fred (Raniel). Técnico: Mano Menezes

Huracán: Antony Silva; Chimino, Salcedo, Alderete e Araújo; Rossi, Damonte, Auzqui (Toranzo) e Pérez (Roa); Gamba (Chávez) e Lucas Barrios. Técnico: Antonio Mohamed

Motivo: 4ª rodada – Grupo B da Copa Libertadores
Data: 10 de abril de 2019, quarta-feira, às 19h15
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Fred (19’/1º, 23’/1º, 32’/1º), Dodô (37’/2º)

Cartão Amarelo: Dedé, Lucas Romero (Cruzeiro); Pérez, Alderete, Auzqui (Huracán)

Árbitro: Julio Bascuñan (CHI)
Auxiliares: Alejandro Molina (CHI) e Claudio Urrutia (CHI)

Público: 26.077 pagantes / 31.694 presentes

Renda: R$ 873.106,00

 

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close