Policia

Suspeito de abusos sexuais, médium João de Deus se entrega à polícia em Goiás

O médium João de Deus, de 76 anos, entregou-se à polícia e foi preso neste domingo em Abadiânia, em Goiás. Na sexta-feira (14), a Justiça expediu um mandado de prisão contra ele devido à suspeita de abusos sexuais.

João de Deus foi visto em público pela última vez na quarta (12), quando visitou a Casa Dom Inácio de Loyola, onde faz os atendimentos. Em um pronunciamento de poucos minutos, disse ser inocente.

A força-tarefa montada para investigar as denúncias de abuso sexual que teriam sido cometidas pelo médium já reuniu mais de 330 relatos em vários estados. Mulheres que se dizem vítimas também se apresentaram em seis países. João de Deus atende cerca de 10 mil pessoas por mês, das quais 40% são estrangeiras. Os abusos teriam sido cometidos depois do atendimento espiritual feito pelo médium.

As mulheres relatam que, depois do atendimento em grupo, eram convidadas para uma consulta individual, onde os abusos seriam cometidos. O Ministério Público afirma ainda que quatro funcionários são suspeitos de ter envolvimento nos crimes.

Neste domingo, o Ministério Público (MP) de Goiás confirmou que o médium retirou R$ 35 milhões de contas e aplicações financeiras após as primeiras denúncias de abuso sexual.

 

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close