Esportes

Luan prega união para deixar má fase e dispara: ‘a gente não precisa gostar um do outro’

O Atlético não conhece o que é vitória há seis rodadas. A última aconteceu 38 dias atrás, contra o Sport

Quando a fase não é boa, a união do grupo é uma das primeiras a ser questionada. Luan não fugiu do assunto em entrevista coletiva nesta quarta-feira e enfatizou que a relação pessoal dos atletas não deve ser colocada em cheque para a atuação da equipe dentro das quatro linhas.

“Na minha visão, a gente não precisa gostar um do outro. A gente precisa dar o nosso melhor, cada um ajudar o outro. Então, cada um tem os seus melhores amigos, cada um tem uma intimidade melhor com o outro. Isso não quer dizer que o time seja desunido. Quando ganha, ganha todos, e, quando perde, perde todos. Isso é a lógica do futebol ”, destacou.

O atacante evitou entrar em mais polêmicas e disparou: “vai que eu falo alguma palavra que não agrada e as pessoas distorcem, né? Tudo que falo vira uma bola de neve”.

O Atlético não conhece o que é vitória há seis rodadas. A última aconteceu 38 dias atrás, contra o Sport. Desde então, foram quatro derrotas e um empate, sendo que apenas um gol foi marcado nesse período, no revés por 2 a 1 frente ao Ceará. O cenário se torna ainda mais preocupante quando se é avaliado todo o segundo turno. O Atlético tem campanha de zona de rebaixamento e só fica na frente de Corinthians, América e Paraná.

Sexto colocado e na zona de classificação à Libertadores há 23 rodadas consecutivas, o Atlético vê sua posição ameaçada por Santos e Cruzeiro, que têm os mesmos 46 pontos do alvinegro, mas levam desvantagem nos critérios de desempate. Além disso, o Atlético Paranaense, 9° colocado com 43 pontos, pode igualar a pontuação com o alvinegro caso vença nesta rodada.

Luan destacou que uma vitória neste domingo (11), contra o líder do Brasileirão, Palmeiras, no Horto, é determinante para virar a chave da equipe e deixar para trás a má fase. “Dia a dia a gente está trabalhando forte, buscando. A bola bate na trave, não entra. Do adversário a bola desvia, é gol. Mudar essa energia. Se Deus quiser começar domingo para ir em busca do objetivo”, analisou.

E o objetivo do Atlético na temporada, que já chegou a ser de título, é evitar o desastre de ficar tanto tempo entre os classificados ao principal torneio continental e perder a vaga na reta final do campeonato. “Questão de honra e também muito importante disputar a Libertadores. É o campeonato mais admirado e cobiçado pelo brasileiro. Temos condição, vamos em busca da vaga”, ressaltou.

 

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close