Politica

Eleito governador de Minas, Romeu Zema diz que foco será acertar finanças e criar empregos

O governador eleito de Minas Romeu Zema (Novo) afirmou na noite deste domingo, em sua primeira entrevista coletiva após a vitória no segundo turno, que terá como foco o acerto das contas públicas e a criação de empregos. O empresário, candidato pela primeira vez, teve 71,80% dos votos válidos, contra 28,20% do senador Antonio Anastasia. Brancos são 3,95%, e nulos, 15,66%.

“Isso é o que Minas precisa com urgência. Já tivemos uma missão a Brasília que já começou a renegociar com o governo federal a dívida de Minas Gerais”, declarou no espaço de eventos Ilustríssima, no Bairro Santa Efigênia, Região Leste de Belo Horizonte, ao lado do vice, o economista Paulo Brant, e do candidato à Presidência João Amoedo (Novo).

Zema afirmou que terá de tomar de medidas impopulares, sem revelar quais. “Não tem como viabilizar um estado falido sem você, em alguns momentos, adotar medidas para equalizar o fluxo de caixa”, disse. “Não temos nada definido. Vamos aprofundar no diagnóstico. Cortes de despesa serão necessários. Vamos ter um corte muito grande nos cargos de indicação política, até porque achamos eles dispensáveis. Devemos ficar somente com pessoas técnicas”, completou.

Ele destacou que ainda não tem nomes definidos para o secretariado, e que isso será definido por uma equipe a partir desta segunda-feira (29). “Vou montar o melhor time que já esteve à frente de Minas. Vamos escolher pessoas a dedo, muito provavelmente eu estou sendo o governador eleito que não tem nenhum cargo comprometido com ninguém.”

O empresário prometeu fazer o governo mais transparente da história do estado. “Cada cafezinho que eu gastar com o dinheiro do estado, quero que esteja lançado para o povo saber”, destacou.

O governador eleito disse ter conversado com o adversário Antonio Anastasia após o resultado e demonstrou uma convergência entre ambos. “Ele me ligou há pouco se colocando totalmente disponível. Nós estamos somando, vou depender muito dele no Senado. Estamos todos juntos”, observou.

 

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close