Esportes

‘Vamos correr riscos de maneira organizada’, diz Mano Menezes sobre postura contra o Boca

O Cruzeiro precisa fazer três gols contra o Boca Juniors para se classificar diretamente para a semifinal da Copa Libertadores, ou dois para levar a decisão para os pênaltis – isso contando que os argentinos não balancem a rede. Nada mais natural do que atacar, e é essa a postura esperada para a Raposa nesta quinta-feira (4), às 21h45, no Mineirão. O técnico Mano Menezes ressalta, porém, que isso será feito com uma dose de responsabilidade.

“O Cruzeiro vai atacar, por mais surpreendente que isso possa ser para vocês”, brincou. “O Cruzeiro precisa atacar, é a hora de atacar e é a hora de, em determinados momentos, correr riscos. Vamos correr riscos de maneira organizada, vamos correr riscos que nos aproximem mais do nosso objetivo do que o contrário”, explicou o treinador.

O comandante celeste diz acreditar que o Boca não vai ficar na retranca, mesmo após vencer a primeira partida das quartas de final por 2 a 0 no Estádio La Bombonera, em Buenos Aires. “Não espero uma equipe que se omita de jogar. É uma equipe que sabe jogar fora de casa, que tem qualidade para jogar fora de casa, mas a gente tem que bater essa equipe do jeito que ela vier.”

Segundo o técnico, a Raposa tem que colocar em campo aquilo que já sabe. “Não temos que inventar um milagre para executar na quinta-feira. Vamos fazer aquilo que fizemos na temporada até agora e é o que pode nos levar à semifinal”, comentou.

Se depender da confiança da torcida, a passagem para a próxima fase está bem encaminhada. Cruzeirenses espalharam por Belo Horizonte faixas de incentivo aos jogadores e ao treinador. “Estamos muito contentes com o que o nosso torcedor tem feito. Certamente ele está fazendo porque aquilo que ele viu da equipe nos momentos decisivos faz ele acreditar e sonhar, como nós estamos. Então, todos juntos no Mineirão, vamos lutar”, destacou.

Time

Mano afirmou que a escalação será a que todos sabem. Portanto, o Cruzeiro vai jogar com Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta; Barcos.

 

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close