Esportes

Em jogo de times alternativos, Cruzeiro perde em São Paulo em reencontro com o Palmeiras

Pensando na Copa Libertadores, Cruzeiro e Palmeiras levaram times alternativos a campo neste domingo, no Pacaembu, onde o time paulista bateu a Raposa por 3 a 1, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe alviverde abriu o placar aos 22 minutos do primeiro tempo, com Lucas Lima. Os cruzeirenses empataram com Mancuello, aos 28, mas sofreu mais um tento, marcado por Hyoran, aos 41. Na etapa final, Gustavo Gómez fez o terceiro, aos 20.

O time celeste permanece em sétimo lugar, com 37 pontos, oito atrás do Atlético, o sexto. Pelo Brasileirão, o próximo adversário é o Ceará, no Mineirão, em data a ser definida – porque o único dia do fim de semana com futebol é o sábado (6), devido às eleições de domingo (7), mas ficaria muito próximo ao embate pelo torneio continental.

Agora o Cruzeiro terá pela frente o Boca Juniors, em partida de volta das quartas de final da Copa Libertadores, nesta quinta-feira (4), às 21h45, no Mineirão. No primeiro duelo, os argentinos venceram por 2 a 0. Por isso, o time celeste precisa vencer por três gols de diferença para se classificar. Se a Raposa vencer por 2 a 0, leva a decisão para os pênaltis.

O Palmeiras subiu para a liderança, com 53 pontos. Os paulistas voltam a jogar no sábado (6) pela competição nacional, contra o São Paulo, às 18h, no Morumbi. A equipe alviverde também entra em campo pela Libertadores, mas na quarta (3), às 21h45, quando enfrenta o Colo Colo, no Allianz Parque. A equipe alviverde venceu o confronto de ida por 2 a 0 no Chile e pode perder por até um gol de diferença.

O jogo

O Cruzeiro teve a chance de sair à frente aos 2 minutos, após cruzamento de Deivid que Raniel, dentro da pequena área, desviou para fora, com perigo. Mas quem balançou a rede foi o Palmeiras, aos 22. Ele pegou rebote na entrada da área e chutou, a bola desviou em Ariel Cabral e ganhou o ângulo esquerdo de Rafael.

O empate veio aos 28. O zagueiro Gustavo Gómez tocou a mão na bola na meia-lua, mas a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, Mancuello mandou rasteiro no canto esquerdo de Fernando Prass, que pulou para o lado oposto. Só que o time paulista voltou a marcar, aos 41. Dudu cruzou do bico direito da grande área e Hyoran cabeceou no canto direito.

No segundo tempo, o Palmeiras foi para o ataque, mas o Cruzeiro também decidiu sair mais para o jogo e o técnico Mano Menezes optou pelas entradas de Arrascaeta e Fred, que retornou aos gramados após seis meses se recuperando de lesão.

O terceiro gol paulista veio aos 20 minutos. Willian partiu pela direita, cruzou rasteiro e Marcelo Hermes tentou cortar com um carrinho, mas desviou a bola com o braço e o árbitro marcou pênalti. Gustavo Gómez cobrou, Rafael quase pegou, mas não evitou o gol.

Palmeiras 3×1 Cruzeiro

Palmeiras: Fernando Prass; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique, Lucas Lima (Moisés), Hyoran e Dudu (Willian); Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Manoel, Léo e Marcelo Hermes; Ariel Cabral, Bruno Silva (Rafael Sobis), Lucas Romero, Mancuello e David (Arrascaeta); Raniel (Fred). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Lucas Lima, aos 22, Mancuello, aos 30, e Hyoran, aos 43 do 1º Tempo; Gustavo Gómez, aos 20 do 2º Tempo
Cartões amarelos: Deyverson, Moisés, Gustavo Gómez e Felipe Melo (Palmeiras); Mancuello, Ezequiel, Marcelo Hermes, Fred, Léo e Manoel (Cruzeiro)

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data e horário: 30 de setembro de 2018, domingo, às 11h (de Brasília)
Motivo: 27ª rodada do Campeonato Brasileiro

Público: 35.654 torcedores
Renda: R$ 1.260.130

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA)
Assistentes: Hélcio Araújo Neves (PA) e Heronildo Freitas da Silva (PA)
Adicionais: Lucas Paulo Torezin (PR) e Adriano Milczvski (PR)

 

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close