Economia

Dia das Crianças deve movimentar R$ 2,2 bilhões no comércio de BH

As vendas relacionadas ao Dia das Crianças devem movimentar R$ 2,2 bilhões no comércio de Belo Horizonte, revela pesquisa da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL/BH). O montante representa crescimento de 1,83% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado.

Roupas, com 29,2% das respostas, seguem na liderança entre as opções preferidas para presentes para as crianças. Na sequência aparecem brinquedos (27,7%), calçados (9,4%) e jogos (7,4%). Segundo o presidente da CDL/BH, Bruno Falci, esses produtos têm uma boa procura devido à variedade de opções e preços. “São itens que se encaixam no orçamento do consumidor e que agradam bastante”, afirma.

Também encabeçam a lista cestas/chocolates (5,9%); material esportivo (4%); bichos de pelúcia, almofadas e bicicletas (2%); eletrônicos (1,5%); móveis infantis (1,5%) e livros (0,5%).

Ainda conforme o levantamento, cada consumidor deve gastar, em média, R$ 106,25 com os presentes dos pequenos. “O processo de recuperação da economia não vem ocorrendo como o esperado, o ritmo ainda é lento e o número de pessoas desempregadas continua alto. Por isso, a expectativa é que o valor a ser desembolsado para compra dos presentes seja menor (que em 2017)”, esclarece o Falci.

Confiança

A pesquisa da CDL/BH mostrou que os empresários da capital mineira também estão mais otimistas com a data. Segundo o levantamento, realizado com 268 lojistas, a maior parte dos empresários (41,1%) acredita que as vendas irão aumentar. Entre eles, a maioria (34,8%) acredita que o crescimento deve ser de 16% a 20%. Já 35,7% dos entrevistados esperam que as vendas sejam iguais as de 2017 e 23,2% estimam um resultado pior.

Com a perspectiva de alta nas vendas, a maior parte dos empresários (58,4%) aumentou o volume do estoque para atender a demanda da data.

 

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close