Esportes

Viagem para São Paulo abriu período de 26 dias decisivos para o Cruzeiro na temporada

Hora de esquecer a queda de rendimento no Campeonato Brasileiro, os gols que não saem ou os que saem e acabam invalidados pela arbitragem.

Ao embarcar ontem à noite para São Paulo, o Cruzeiro deu início a um período de 26 dias em que joga o sonho de nova Tríplice Coroa – da possibilidade do hexa da Copa do Brasil e do tri da Libertadores; de prestígio e reforço nos cofres, resultados que transformam uma temporada em um ano inesquecível para a China Azul.

Uma sequência de sete partidas em menos de um mês com uma estratégia bem definida: no clássico com o Atlético, domingo; na partida do dia 23, de novo em casa, contra o Santos, e no duelo do dia 30 com o Palmeiras (pelo returno do Brasileiro), titulares poupados de acordo com a necessidade, para que nada ponha em risco a presença nos confrontos decisivos dos mata-matas.

Na quarta-feira, diante do Verdão, pela semifinal da Copa do Brasil, por sua vez, nada de poupança. Embora relacionado como titular pelo técnico Tite para o amistoso da Seleção hoje, contra El Salvador, Dedé retornará ao Brasil a tempo de se unir à delegação, em São Paulo. Tite deixou claro que o “Mito”, assim como Lucas Paquetá, do Flamengo, não atuará o tempo todo para evitar um desgaste que interfira nas respectivas atuações pelos clubes.

Recuperado da lesão grau 1 na coxa esquerda que o tirou do amistoso do Uruguai com o México, De Arrascaeta recebeu a liberação do departamento médico, viajou com o grupo e é presença praticamente certa.

Retornos
Por falar em departamento médico, a reapresentação ontem na Toca da Raposa II foi de ótimas notícias para time e torcida. Tanto o atacante Fred, operado para correção de uma lesão no ligamento cruzado da perna direta sofrida diante do Tupi, ainda pela pela semifinal do Campeonato Mineiro, quanto Sassá, que se contundiu durante a pausa para a Copa foram liberados para iniciar a fase de condicionamento físico.

Ambos podem se tornar opções, especialmente para as partidas de retorno com Palmeiras e Boca Juniors, respectivamente, nos dias 26 deste mês e 4 de outubro.

Outro fato a comemorar nesse período é a logística relativamente simples, inclusive em relação aos jogos pelo Brasileiro, já que a Raposa irá apenas a São Paulo (duas vezes) e à Argentina, escapando de conexões e longas horas de espera.

ARTE
Fonte: Hoje em Dia www.hojeemdia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close