Esportes

Sem clima de ‘já ganhou’, Cruzeiro enfrenta Flamengo para garantir classificação

O Cruzeiro defende nesta quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, a vantagem de dois gols para garantir vaga às quartas de final da Copa Libertadores. O Flamengo, por sua vez, tenta um feito inédito: conseguir reverter a derrota em casa no primeiro jogo e se classificar para a fase seguinte.

Acompanhe, a partir das 21h, a Jornada Esportiva da Itatiaia, com o 1º Time do Rádio. Narração de Alberto Rodrigues, comentários de Leo Figueiredo e Cadu Doné e reportagens de Samuel Venâncio, Emerson Pancieri e Fabrício Calazans.

O clima do time celeste é de pés no chão. Toda a precaução para que o clima de “já ganhou” não invada o vestiário e influencie os jogadores está sendo tomada. É o que diz o zagueiro Dedé.

“O foco é como se tivesse 0 a 0. Não tem essa zona de conforto, ainda mais em um torneio como a Libertadores. Nosso time nunca vai entrar para um jogo na zona de conforto. É um jogo muito decisivo, contra uma grande equipe. É impossível entrar com a cabeça tranquila. É um jogo duríssimo e, como falei, é como se fosse um resultado de 0 a 0”, ressaltou.

Dedé pede inteligência e atenção para o time não errar. “Da mesma forma que a gente entrou no Maracanã, a gente tem que entrar para este jogo. Está 2 a 0 para a gente, mas no começo vamos entrar como se tivesse 0 a 0. Vamos trabalhar bastante, ter inteligência para o jogo. É um jogo de pouquíssimos erros, temos que fazer o máximo possível para não ter nenhum tipo de erro”, afirmou.

Mano manteve os portões fechados na terça-feira (28), fazendo mistério sobre a escalação. Na lateral-direita, a dúvida é entre Edilson, que pode voltar ao time após se recuperar de uma edema na coxa direita, e Lucas Romero, que vinha jogando. No ataque, Raniel e Barcos brigam por uma vaga.

Esse será o 50º jogo disputado em Minas Gerais e o time celeste possui ampla vantagem. Foram 23 vitórias, 15 empates e 11 derrotas. O Cruzeiro marcou 76 gols e sofreu 49. Além de Belo Horizonte, Uberlândia, Ipatinga (duas vezes cada um), Sete Lagoas, Varginha e Uberaba já receberam esse clássico do futebol brasileiro. Em 92 duelos, o Cruzeiro possui 35 vitórias contra 32 do adversário e 26 empates. Foram 117 gols marcados pela Raposa contra 120 do rival.

O Flamengo terá o reforço de Lucas Paquetá, que cumpriu suspensão automática no jogo de ida, no Maracanã. “Conhecemos bem o Cruzeiro, que também nos conhece bem. Vamos ter o Paquetá para esse jogo, que é um ganho importante, pela relevância que ele tem para a equipe”, afirmou o técnico Maurício Barbieri.

“Temos condições de criar essas chances contra o Cruzeiro. Temos que tirá-los da zona de conforto, mesmo em casa. Sabemos que temos um placar adverso para resolver. Antes de pensar no gol, temos que criar chances, trabalhar bola, conseguir espaços e aproveitar. Tenho certeza de que vamos ter chances. Queremos sair com a classificação”, completou o técnico.

Everton Ribeiro também deu sua receita: “Não dar espaços para o contra-ataque deles, que é forte. Temos que jogar com intensidade”, afirmou. Para Réver, a ansiedade precisa ser controlada: “Essa ansiedade de sair para buscar o gol não pode nos atrapalhar. Temos 90, 95 minutos para buscar o resultado, e esperamos conseguir.”

Cruzeiro x Flamengo

Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero (Edílson), Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta; Barcos (Raniel). Técnico: Mano Menezes

Flamengo: Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar; Everton Ribeiro, Lucas Paquetá, Diego e Vitinho; Henrique Dourado. Técnico: Maurício Barbieri

Motivo: jogo de volta – oitavas de final Copa Libertadores

Data: 29 de agosto de 2018, quarta-feira, às 21h45

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Andres Cunha (URU)

Auxiliares: Nicolas Taran (URU) e Mauricio Espinosa (URU)

 

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close