Esportes

Galo espanta má fase com dois gols de Ricardo Oliveira e deixa o Santos perto do Z-4

Bruno Cantini/Atlético

O Atlético, enfim, aprendeu a segurar a vitória e até aumentá-la no fim do jogo. Depois de tomar gols no fim das partidas contra Palmeiras e Bahia, e perder para o Internacional com gol no 2º tempo, o alvinegro desencantou diante do Santos com gols no primeiro e segundo tempo, e no acréscimo do jogo, já aos 49 do 2º tempo. A vitória de 3 a 1, na manhã deste domingo, foi válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A primeira finalização do Atlético foi certeira! Elias abriu o placar ainda aos 7 minutos do primeiro tempo. Tomás Andrade roubou a bola no meio-campo e deu o passe para Elias, na entrada da área, dominar e chutar no cantinho do gol de Vanderlei.

O Santos não se intimidou com o início dos donos da casa e, aos 26, empatou com Gabriel. A jogada foi de Rodrygo, que driblou, chutou e, na sobra, Bruno Henrique ajeitou para Gabriel marcar.

O primeiro tempo terminou com o drama atleticano pós-Copa: ataque bem, defesa mal. O jogo lá e cá permaneceu no segundo tempo. Mas a sabedoria de Ricardo Oliveira falou mais alto. Em bom cruzamento de Cazares, escolha de Larghi contestada pela torcida para o segundo tempo, o atacante cabeceou firme, para baixo, sem chance de defesa na meta santista.

Bruno Cantini/Atlético

A partida continuou com chances para os dois lados, mas a torcida atleticana não precisou esperar o apito final para comemorar a vitória. No último minuto de jogo, Luan, que também entrou no segundo tempo, mas muito aclamado pela torcida, disparou com a bola após recuperá-la no meio campo e deu o passe para Ricardo Oliveira, mais uma vez, marcar para os donos da casa em um chute sem defesa para Varderlei e sem chance de virada.

Com a vitória, o Atlético fica com a 4ª colocação, com 30 pontos, mas pode perder posições depois do complemento da rodada, neste domingo. Já o Santos, fica em 16º lugar, com 18 pontos, bem próximo da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Atlético irá enfrentar o Botafogo, no próximo domingo, às 16h, no Estádio Nilton Santos. Já o Santos volta a campo na quarta-feira, às 19h30, para enfrentar o Cruzeiro, no Mineirão, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Pelo Brasileiro, a equipe santista encara o Sport, sábado, às 16h, na Vila Belmiro.

Atlético 3 x 1 Santos

Atlético: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Maidana e Hulk; Zé Welison, Elias (Matheus Galdezani) e Nathan (Luan); Chará, Tomás Andrade (Cazares) e Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Lucas Veríssimo e Dodô; Alison (Yuri Alberto), Jean Mota (Léo Cittadini) e Diego Pituca; Rodrygo, Gabigol e Bruno Henrique (Copete). Técnico: Cuca

Gols: Elias (7’/1º), Gabigol (26’/1º), Ricardo Oliveira (25’/2º), Ricardo Oliveira (49’/2º)

Cartão Amarelo: Iago Maidana e Elias (Atlético)

Motivo: 18ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 12 de agosto de 2018, domingo, às 11h

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC)

Auxiliares: Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

Adicionais: Eduardo Cordeiro Guimarães (SC) e Celio Amorim (SC)

Público: 22.086 presentes
Renda: R$ 369.140,00

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close