Esportes

Atlético supera falha de zagueiro, mas sofre gol no último minuto e perde para Palmeiras

O Atlético viu cair um longo tabu que sustentava sobre o Palmeiras. Em jogo marcado por uma falha grotesca do zagueiro Juninho logo no início da partida, o time alvinegro conseguiu chegar ao empate duas vezes, mas sofreu gol no último minuto, em saída errada de Victor, e perdeu por 3 a 2, neste domingo, no Allianz Parque, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Moisés e Bruno Henrique, duas vezes, marcaram os gols dos paulistas. Luan e Chará, que balançou as redes pela primeira vez com a camisa alvinegra, descontaram para o Galo.

O primeiro gol do Palmeiras saiu logo aos dois minutos de jogo em uma falha incrível do zagueiro Juninho. O defensor recebeu sozinho de Gabriel na entrada da área, enquanto Moisés chegava para pressionar a saída. Quando o atleticano foi dar o balão para frente, o pé de apoio tocou antes na bola e ele furou chute. Assim, a redonda sobrou limpa para o meio-campista palmeirense que roubou a bola e finalizou sem chances para Victor.

Após o erro de Juninho, o Atlético demorou a assimilar a nova configuração do jogo e quase levou o segundo na sequência. Moisés emendou uma bomba da entrada da área e carimbou o travessão. Na volta, Bruno Henrique chutou cruzado e a bola passou raspando a trave.

Passado o sufoco inicial, o Atlético colocou os nervos no lugar e equilibrou a partida, apesar de encontrar dificuldades para ameaçar a meta do goleiro Weverton no restante do primeiro tempo.

Na etapa final, o time alvinegro melhorou a pontaria e conseguiu empatar aos seis minutos. Após cruzamento, Matheus Galdezani apareceu na área como elemento surpresa e cabeceou no canto baixo. Weverton espalmou e, no rebote, Luan empurrou para as redes.

Bruno Henrique colocou o Palmeiras na frente no placar novamente em bela cobrança de falta, aos 30 minutos.

Mas o Galo empatou cinco minutos depois também em belo gol de Chará. O colombiano recebeu de Elias na entrada da área e bateu colocado no ângulo.

No entanto, o time alvinegro não segurou a pressão e sofreu o terceiro gol aos 49 minutos. Após falta cobrada para a área atleticana, Deyverson ajeitou de cabeça, Victor ficou no meio de caminho e deixou o gol aberto para Bruno Henrique, que ganhou de cabeça no alto da zaga mandando para as redes.

A última vez que o Atlético foi derrotado pelo Palmeiras foi no dia 30 de julho de 2011, também por 3 a 2 no Brasileirão. A partida aconteceu no Canindé. Eram 13 jogos de invencibilidade, com nove vitórias e quatro empates.

Após o apito final, o volante Matheus Galdezani foi expulso pelo árbitro por reclamação.

Apesar da segunda derrota seguida, o Atlético ainda permanece na terceira posição, com 23 pontos. Já o Palmeiras subiu para quarto lugar, também com 23, mas atrás do Galo no número de vitórias.

Na próxima rodada, o Atlético enfrenta o Paraná, quarta-feira, às 21h, no Independência. No mesmo dia, mas às 19h30, o Palmeiras encara o Fluminense no Maracanã.

Palmeiras 3 x 2 Atlético

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Deyverson), Bruno Henrique e Moisés; Gustavo Scarpa (Hyoran), Dudu (Jean) e Willian.  Técnico Roger Machado

Atlético: Victor; Patric, Gabriel, Juninho e Fábio Santos; José Welison, Matheus Galdezani (Lucas Cândido), Elias (Tomás Andrade), Chará e Luan (Terans); Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi

Motivo: 14ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 22 de julho de 2018, domingo, às 16h
Local: Arena Palmeiras, em São Paulo (SP)

Gols: Moisés (2’/1º), Luan (6’/2º), Bruno Henrique (30’/2º, 49’/2º), Chará (35’/2º)

Cartão Amarelo: Moisés, Edu Dracena (Palmeiras); Luan, Terans (Atlético)
Cartão Vermelho: Matheus Galdezani (Atlético)

Árbitro: Péricles Bassols (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento (PE)
Adicionais: José Woshington da Silva (PE) e Nielson Nogueira Dias (PE)

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close