Brasil

Funcionário é demitido por justa causa após ofender empresa no WhatsApp

A 2ª turma do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 23ª região manteve a demissão por justa causa de um ex-funcionário de uma pizzaria que fez um comentário ofensivo contra a empresa em que trabalhava em grupo do WhatsApp. O caso aconteceu na cidade de Juína, Mato Grosso.

(…)

De acordo com os autos, um colega de trabalho do reclamante enviou uma mensagem no grupo do WhatsApp falando sobre a promoção do rodízio de pizza oferecido pela empresa. Em resposta à postagem, o trabalhador disse o seguinte: “Esse rodízio é uma merda, só duas horas. Pela demora que é, não dá para comer nem dois pedaços”.

Sabendo do comentário, a empresa demitiu o funcionário por justa causa, mas o trabalhador discordou da penalidade e entrou com ação trabalhista. Entretanto, o juízo de 1º grau concordou com a decisão da pizzaria.

(…)

E o relator do recurso, o desembargador Roberto Benatar, concluiu que o comportamento do autor difamou sim a imagem da pizzaria, já que, segundo a CLT, a relação de emprego tem como um de seus pilares a confiança entre as partes, a qual se desdobra nos deveres de boa-fé e lealdade, que devem ser observados mesmo fora da jornada de trabalho e do local da prestação de serviços.

(…)

Fonte: www.diariodocentrodomundo.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close