Brasil

Retrocesso ambiental no Brasil pode custar R$ 20 trilhões para resto do mundo, diz estudo

Reportagem de Ana Carolina Amaral na Folha informa que os retrocessos nas leis ambientais em troca de apoio político no Brasil acenderam um alerta na comunidade científica. Em pesquisa publicada nesta segunda (9), na revista Nature Climate Change, cientistas afirmam que o menor controle do desmatamento pode custar até US$ 5,2 trilhões (quase R$ 20 trilhões) para o resto do mundo.

Segundo a Folha de S.Paulo, o desmatamento é o principal fator que pode levar o país a ter dificuldades de cumprir suas metas do Acordo de Paris para redução de emissões de gases de efeito estufa. Além de sobrar para outros países, a conta a pagar também pode acabar nas mãos de outros setores da economia brasileira.

No artigo “A ameaça da barganha política para a mitigação climática no Brasil”, pesquisadores das universidades UFRJ, UFMG e UnB calcularam os custos para compensar as emissões de carbono do desmatamento, completa a reportagem.

Fonte: www.diariodocentrodomundo.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close