Mundo

Mergulhador que ajudava no resgate de meninos presos em caverna morre sem oxigênio

Um mergulhador da reserva da Marinha da Tailândia morreu afogado nessa quinta-feira (5) durante o trabalho de resgate dos meninos que estão na caverna Tham Luang inundada no país. Saman Kunan, de 38 anos, ficou sem oxigênio quando retornava para a entrada da caverna, depois de ter levado alimentos para os meninos. O percurso entre a entrada e o local onde estão os meninos é feito em 6 horas.

“O mergulho é sempre cheio de riscos. Ele pode ter desmaiado”, fazendo-o se afogar, “mas temos que esperar pela autópsia”, disse o vice-almirante da Marinha, Aphakorn Yookongkaew.

A morte do mergulhador reforça o alerta sobre os riscos do resgate dos 12 meninos, que têm entre 11 e 16 anos, e do técnico, de 25 anos. A maioria nem sabe nadar.

“A morte deste especialista mergulhador serve para mostrar a dificuldade dos trabalhos de resgate. Apesar desta morte, não vamos parar de trabalhar para resgatar o grupo”, afirmou uma fonte do gabinete do governador da província de Chiang Rai, onde está localizada a caverna.

O nível de oxigênio na câmara de ar onde os meninos estão, na caverna, caiu para 15%. O nível normal é de 21%. Por isso, as equipes decidiram levar oxigênio ao local, segundo a BBC.

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close