Esportes

Messi marca, Argentina passa sufoco, mas vence Nigéria e classifica com ajuda

Seleção argentina suou, teve problemas para derrotar nigerianos, mas marcou no final e viu a Croácia beneficiar

A Argentina suou sangue, mas conseguiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo ao vencer a Nigéria, com muita dificuldade, por 2 a 1.

O resultado deixou a Argentina com quatro pontos no grupo ultrapassando a Nigéria. No outro jogo, no mesmo horário, o time de Messi viu a Croácia ajudar e derrotar a Islândia por 2 a 1.

O triunfo argentino, com gol de Messi, no primeiro tempo e a vitória da Croácia, resultou na difícil e dramática classificação da Argentina. Agora, o time da América do Sul vai pegar a França nas oitavas de final.

Messi chamou a responsabilidade no primeiro tempo. O craque organizou a Argentina e marcou o seu primeiro gol na Copa aproveitando lançamento. Em domínio inacreditável, finalizou de pé direito para abrir o placar.

Mas a Nigéria mostrava organização e chegou ao empate com Moses, em cobrança de pênalti que contou com ajuda do VAR.

A partir dai a Argentina se desequilibrou. Nomes que foram apostas de Sampaoli, com apoio dos mais experientes, como Mascherano, que cometeu o pênalti, Di Maria e Higuain sentiram o golpe e não tiveram bom rendimento.

O comandante da seleção fez alterações pouco animadoras, como entrada de Mesa e Mercado. Mas foi de um herói muito pouco improvável, já aos 42 minutos, que saiu o tento da vitória e da classificação. Rojo pegou cruzamento e de perna direita fez o 2 a 1.

No outro jogo do grupo, a Croácia se manteve 100% e garantiu classificação em primeiro lugar. A seleção poupou alguns jogadores, passou sufoco, mas conseguiu se classificar diante da Islândia.

A Croácia saiu vencendo a partida, mas viu a Islândia atacar e pressionar. Seu goleiro e o travessão foram salvando a Argentina. Até que saiu o empate do time islandês.

Mas quando a Argentina fez o 2 a 1, a Croácia poderia tirar o rival das oitvas, se sofresse o gol da virada. Mas pelo contrário, marcou o seu segundo tento e decretou a derrota da Islândia e a passagem de fase do time sul-americano.

Fonte: O Tempo www.otempo.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close