Esportes

Jogadores falam em erro coletivo e pedem reflexão para Atlético voltar a vencer

O empate em 3 a 3 com a Chapecoense não foi bem visto apenas pela torcida do Atlético. A equipe também deixou o campo bastante chateada com a apresentação no Independência neste sábado, vê erros coletivos e pede reação imediata no Campeonato Brasileiro após somar um ponto nos últimos três jogos e tomar seis gols nas últimas duas partidas.

Para Luan, o resultado foi um ‘tropeço amargo’ da equipe alvinegra em casa: “(Ficamos) Na frente do placar, e acabamos tomando gol novamente. Três gols! (…) Tem muita coisa a melhorar ainda. Cada um tem que refletir. Melhorar trabalhando… só no dia a dia para poder melhorar novamente e voltar a vencer. É acertar os erros, como eu falei. Tem coisas a serem consertadas e precisamos nos unir cada vez mais”.

Artilheiro do Brasileirão, o atacante Roger Guedes também foi enfático em sua análise, mas projeta a reação: “Hoje realmente não foi erro individual, foi erro de três, quatro pessoas. É movimentação, erro coletivo. Então faz parte do futebol. A gente tá comentendo erros bobos que a gente não pode cometer. É trabalhar durante a semana para não acontecer isso. (…) Agora é levantar a cabeça. Tem jogos só dentro de casa agora. A tabela está favorecendo a gente antes da Copa. Então é pontuar o máximo possível agora”.

Autor do primeiro gol do Atlético, Ricardo Oliveira também ressaltou os erros coletivos: “(Seis gols em dois jogos) É inadimissível! Não podemos permitir isso. Até porque é um erro coletivo. Que nós vamos ajustar, vamos conversar sobre isso daí, porque a nossa era uma das melhores zagas até então. A gente tava com uma defesa muito boa, consistente, e infelizmente por alguma coisa, por falta de concentração, ou de repente um pouquinho de maturidade… o que nós precisamos ver é: parar, olhar, observar, e tentar ajustar esses erros para que a gente não fique sofrendo desse jeito”.

O ‘Pastor’ também projetou a retomada dos trabalhos e o objetivo da próxima partida: “Tem momentos do jogo que nós podemos controlar mais o ímpeto, né? Mas agora é um momento da gente fazer uma reflexão geral, coletivo. Ajustar esses erros que estamos cometendo. Nós sabemos disso, que estamos cometendo erros que não se permite para um time como o nosso, e aí leva a gente a perder pontos. O clássico é um jogo importante. Aonde a gente vai entrar para procurar vencer esse jogo porque não nos resta outra, não podemos ficar perdendo esses pontos em casa”.

O Atlético volta a campo na próxima quinta-feira, às 21h, contra o América, no Independência. A Chapecoense enfrenta o Vitória, no Barradão, a partir das 19h30, mas na quarta-feira (6).

 

Fonte: Itatiaia www.itatiaia.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close