Economia

Protesto de caminhoneiros continua apesar do acordo com o governo

Manifestação dos caminhoneiros segue nesta sexta-feira, apesar do acordo anunciado pelo governo federal para suspender a greve

Mesmo após acordo com o governo fechado na noite desta quinta-feira, 24, caminhoneiros mantêm protestos pelo Brasil. Na manhã dessa sexta-feira-feira, protestos seguem em nove estados (MG, BA, DF,  MS, PB, PE, PR, RJ, RS, SC, SE e SP) e e no Distrito Federal.

Nas manhã desta sexta-feira, a Polícia Rodoviária Federal  registrou  66 pontos de bloqueio nas estradas que cortam o estado.

Em Contagem, BR-040, km 517, populares também interditam o local.De acordo com a  PRF,  não há previsão de liberação.

Na BR -381, em Betim, em frente a Refinaria Gabriel Passos, em Betim, caminhoneirosocupam o local.

São Paulo

Há bloqueios nos dois sentidos da rodovia Anhanguera, em São Paulo. Às 7h, era registrada interdição, no sentido capital, de uma faixa e do acostamento no km 148. No sentido interior, havia fechamento da faixa também no km 148. A CCR AutoBan, concessionária que administra a pista, aconselha os motoristas a optarem pela rodovia dos Bandeirantes.

A rodovia Régis Bittencourt (BR-116) permanece com três pontos de bloqueio. O tráfego está liberado para veículos leves, mas congestionamentos se formam nos trechos com protestos.

Caminhoneiros também fazem protesto no Rodoanel de São Paulo, entre as rodovias Anchieta e Imigrantes. Os acessos ao Porto de Santos (SP) continuam bloqueados em razão das manifestações, tanto na margem esquerda, pela rodovia Cônego Domênico Rangoni, no Guarujá, quanto na margem direita, pela rodovia Anchieta, em Santos.

Brasília

Em Brasília, durante toda a madrugada e no começo desta manhã, motoristas ainda fazem filas para abastecer seus carros nos postos que mantêm estoques de gasolina e diesel, caso do posto Shell da Quadra 307, na Asa Norte, no Plano Piloto. No local, a fila de carros para abastecer chega a entrar na área de estacionamento da quadra residencial. (Com agências)

 

Fonte: www.em.com.br

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close