DestaqueEsportes

Galo e Raposa têm viagens e ‘mata-mata’ antes de duelo pelo Brasileirão

Semana de Clássico: 19-05-2018

Diz a máxima do futebol que “o clássico começa uma semana antes e só termina uma semana depois”. E, tendo em vista a logística e a preparação, o ditado se confirma às vésperas do duelo entre Atlético e Cruzeiro pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2018, marcado para o próximo sábado (19).

Coincidentemente, os dois arquirrivais mineiros compartilham uma agenda semelhante nos dias que antecedem o confronto a ser disputado a partir das 16h, a princípio, no Estádio Independência.

Neste intervalo, ambas as equipes ainda terão outro jogo pela Série A e mais uma partida decisiva pelas oitavas de final da Copa do Brasil, com apenas 48 horas de descanso entre cada um desses compromissos.

Viagens

O Galo atuou no último sábado (2 a 2 com o São Paulo, no Morumbi), embarcou de volta para Minas Gerais no dia seguinte e poupou todos os titulares no empate com o San Lorenzo-ARG por 0 a 0, pela Copa Sul-Americana, na terça-feira.

 

A Raposa, por sua vez, foi a campo no domingo (vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, no Mineirão) e teve a semana livre para atividades regenerativas e treinamentos. Desta forma, deduz-se que os dois elencos chegarão ao encontro em condições físicas equivalentes.

A principal diferença neste sentido é que o time alvinegro fará uma viagem a mais, pois a diretoria decidiu voltar para Belo Horizonte entre as duas partidas como visitante, contra Atlético-PR e Chapecoense – a distância entre Curitiba e Chapecó é de 475 km.

Pendurados

Outra peculiaridade é que o lado alvinegro também está mais ameaçado no aspecto disciplinar.

O lateral-esquerdo Fábio Santos, o volante Gustavo Blanco e o centroavante Ricardo Oliveira – além do meia Elias, atualmente na reserva – estão “pendurados”. Assim, eles desfalcarão o time do técnico Thiago Larghi no clássico caso levem mais um cartão amarelo diante do Furacão pela quinta rodada da Série A.

Do lado celeste, o técnico Mano Menezes só corre o risco de perder o zagueiro Dedé, único jogador do grupo já advertido duas vezes na competição. As duas partidas dos mineiros pelo Brasileirão serão disputadas neste domingo (veja os detalhes abaixo).

Mata-mata

Na sequência, os dois times viajam para o Sul do Brasil, onde enfrentarão Chapecoense e Atlético-PR, respectivamente, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Este trecho da caminhada pode resultar novamente em uma desvantagem para o Atlético, desta vez do ponto de vista psicológico. Isso porque o Galo fará o jogo da volta, depois de ter empatado em casa por 0 a 0, e estará eliminado se perder para os catarinenses na Arena Condá.

Já o Cruzeiro disputará o duelo da ida e só definirá a classificação ou queda no torneio após a parada para a Copa do Mundo.

Mando de campo

Em março, as diretorias haviam chegado a um acordo para que os clássicos pelo Brasileirão voltassem a ser disputados com torcida dividida no Mineirão. Após desavenças na final do Estadual, porém, a cúpula alvinegra recuou da decisão.

Por se tratar de um jogo na mesma cidade, o prazo para uma eventual mudança de local acaba apenas na próxima segunda-feira (14).

Fonte: www.hojeemdia.com.br

 

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close