Esportes

Em dia de festa, América-MG bate o Vitória por 2 a 1 no Independência

Coelho completa 106 anos e comemora com três pontos. Marquinhos e Rafael Moura marcam para os mineiros, e Pedro Botelho desconta para os baianos

A noite era de festa. E teve bolo, comemoração e três pontos. No dia em que completou 106 anos, o América-MG teve motivos de sobra para comemorar. Com gols de Marquinhos e Rafael Moura, o Coelho bateu o Vitória por 2 a 1, nesta segunda-feira, no Independência – Pedro Botelho descontou para os visitantes. Com o resultado, o América-MG pulou para a terceira colocação da Série A com seis pontos conquistados. O Vitória, que ainda não venceu na competição, termina a terceira rodada na 18ª colocação.

Na noite de festa, o América-MG tratou de dar mais motivo para comemoração logo cedo. Com um Vitória apático em campo, principalmente no setor defensivo, o Coelho abriu o placar logo aos seis minutos. Marquinhos aproveitou cruzamento e bobeira de zaga do Leão para fazer o primeiro gol do jogo. A partir daí, o América-MG recuou em campo e deu espaço para o adversário. O Rubro-Negro subiu seus jogadores, avançou as linhas e ficou com mais posse de bola. Mas sem saber o que fazer. O mesmo não se pode falar dos donos da casa. Quando decidiram atacar novamente, os mineiros ampliaram, aos 34 minutos, com um gol de Rafael Moura, mais vez em cruzamento do lado direito.

Para mudar o cenário do Vitória em campo, Vagner Mancini decidiu mudar o time. De começo, Willian Farias saiu para a entrada de Wallyson, que estreou bem e foi o principal nome do Leão no segundo tempo. Na sequência, Lucas Fernandes e Guilherme Costa entraram nos lugares de Rhayner e Neilton. O Leão chegou mais ao ataque e, em cobrança de falta de Wallyson, aproveitada por Pedro Botelho, diminuiu o placar. A pressão rubro-negra aumentou quando Leandro Donizete foi expulso, mas não resultou num empate para a equipe baiana.

DESTAQUE

NÚMEROS IMPORTANTES

Além da festa de aniversário do América-MG, a noite foi marcante para os dois treinadores. Enderson Moreira chegou ao seu 100º jogo no comando da equipe de Minas Gerais. Do outro lado, Vagner Mancini fez sua partida de número 200 à frente do Vitória.

Fonte: Globoesporte.com

 

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close