Esportes

Passado, presente e futuro em Bayern x Real: Heynckes e Zidane se reencontram

Alemão do Bayern vai retomar a aposentadoria no fim da temporada. Como técnico do Real, ele ganhou a Champions de 98 sobre a Juventus de Zizou

Zinedine Zidane. O futuro que logo virou presente. Em pouco mais de dois anos, passou de aposta do Real Madrid a melhor técnico do mundo, eleito no fim de 2017. Currículo curto aos 45 anos, mas invejável. Tem seis títulos, entre eles duas Liga dos Campeões. E está na briga pela terceira. Nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), o time espanhol começa a disputar com o Bayern de Munique uma vaga na decisão – a TV Globo e o GloboEsporte.com transmitem a partida ao vivo, e o site acompanha em Tempo Real, com pré-jogo a partir das 14h45. A partida será na Arena Munique e deve ter público de 75 mil torcedores.

+ Raio-x: quem leva a melhor entre Bayern e Real?

Do passado, o Bayern trouxe Jupp Heynckes, de 72 anos. Técnico dos bons, da galeria dos grandes da Alemanha. Também é bicampeão da Champions. Foi ele quem tirou o Real Madrid de um fila de 32 anos sem título na competição, em 1998. Aquela foi a sétima das 12 conquistas europeias que o clube tem. O Real venceu a Juventus, da Itália, que tinha Zidane como seu principal jogador.

– Naquele momento, o Real Madrid recuperou sua identidade internacional. Um clube como este não poderia ficar tanto tempo sem ganhar a Liga dos Campeões – disse o alemão.

+ Sr. Champions, CR7 tenta superar melhor sequência no Real em nova semifinal
Jupp Heynckes na entrevista coletiva do Bayern de Munique (Foto: Michael Dalder / Reuters)
A segunda Champions de Jupp veio 15 anos mais tarde, para marcar o ponto final de uma vitoriosa carreira. Mas foi só uma vírgula. Naquele que é chamado de o “Histórico 2013”, ano em que o clube conquistou tudo o que disputou, o treinador alemão anunciou a aposentadoria. Mas o retiro não demorou muito. Em outubro de 2017, ele atendeu a um novo chamado do Gigante da Baviera depois da saída do italiano Carlo Ancelotti no início da temporada.

Descanso interrompido para organizar a casa e tentar ganhar tudo outra vez. Jupp voltou, o Bayer já venceu o Campeonato Alemão, está na final da Copa da Alemanha e na semi da Champions.

– Ele está em forma e com ele tudo funciona no Bayern. Tenho todo o respeito por esse senhor, por aquilo que ele fez no Bayer, no Real Madrid. Só posso dizer que tenho muita admiração por ele.

+ Zidane diz que Real não larga como favorito contra o Bayern: “Vamos ter que sofrer”

Zidane na entrevista coletiva do Real Madrid (Foto: REUTERS/Michael Dalder)
Reverência de um, cavalheirismo do outro. Heynckes diz que sempre gostou muito de Zidane.

– Já gostava muito dele como jogador e agora como técnico. Chama a atenção a forma como joga o Real Madrid e a forma tranquila como Zidane analisa o jogo e toma as decisões fora do campo.

+ Heynckes põe Lewandovski no nível de Cristiano Ronaldo: “Quem pode pará-lo?”
Expectativa lá no alto: Cristiano Ronaldo é o protagonista dentro de campo (Foto: REUTERS/Michael Dalder)
Assim que a temporada acabar, o croata Niko Kovac vai assumir o Bayern, e Heynckes retoma a aposentadoria. A semifinal da Liga dos Campeões será a primeira e última vez que ele e Zidane se enfrentam como técnicos. Um Bayer e Real gigante. Do tamanho dos dois.

As prováveis escalações:

Bayern: Ulreich; Kimmich, Hummels, Boateng, Rafinha; Martínez, Thiago; James, Müller, Ribéry; Lewandowski.

Real Madrid: Navas; Carvajal, Ramos, Varane, Marcelo; Casemiro, Modric, Kroos e Isco; Ronaldo, Benzema.

  • Fonte: Globoesporte.com

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close